Polícia do RN investiga se Eliza Samudio fez contatos com a família

Polícia do RN investiga se Eliza Samudio fez contatos com a família

Ângelo Carbone é o novo defensor do goleiro acusado de matar ex-amante.

O goleiro Bruno Fernandes assinou nesta quarta-feira (15) uma procuração nomeando o advogado e especialista em júri popular, Ângelo Carbone, como seu novo defensor. Segundo ele, a Polícia Civil do Rio Grande no Norte está investigando possíveis contatos que Eliza Samudio, ex-amante do atleta, teria feito com a família para saber sobre a guarda de seu filho, que ela afirma ser de Bruno.

- Eu recebi uma ligação de uma fonte confidencial e confiável e pedi para a polícia do Rio Grande do Norte investigar e rastrear as ligações.

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte confirmou a investigação, mas ainda não há informações sobre o caso. Ângelo Carbone assumirá a defesa de Bruno ao lado de Cláudio Delladone. Acompanhado pelo criminalista Marco Antônio Siqueira, que defende Sérgio Rosa Sales, primo do atleta, ele se encontrou com o jogador no presídio Nelson Hungria, em Contagem, região metropolitana de Belo Horizonte.

Durante a reunião, os dois conversaram sobre a linha da defesa que irão adotar durante o julgamento. Bruno deve ser pronunciado ainda neste mês pela juíza Marixa Fabiane Lopes Rodrigues. De acordo com Carbone, ele já está preparando o goleiro para enfrentar o Tribunal, inclusive o júri popular.

- A chance de todos os acusados serem levados a júri popular é praticamente de 100%. Vou trabalhar essa parte com o ele [Bruno].

Carbone diz acreditar que a linha a ser seguida deve ser a mesma utilizada pela defesa anterior, já que faltam provas materiais do envolvimento do goleiro e, principalmente, da morte de Eliza.

Ao aceitar a defesa do goleiro Bruno, Ângelo Carbone, que é comentarista jurídico do programa A Tarde é Sua, da Rede TV, mudou a linha de trabalho que marca sua carreira jurídica. Ele sempre atuou como consultor de Promotoria para ajudar nas denúncias feitas pelos ministérios públicos de vários Estados.

Entre os casos de grande repercussão em que atuou está o assassinato da adolescente Eloá Cristina Pimentel, ocorrido em outubro de 2008, em São Paulo. A garota foi mantida refém sob a mira de uma arma por mais de cem horas e foi assassinada pelo namorado Lindeberg Alves Fernandes depois que a polícia invadiu o apartamento onde estavam.

- Resolvi mudar minha linha de trabalho quando percebi que Bruno é inocente e vou usar minha experiência como consultor de acusação para defendê-lo.

Alegações finais

Com mais de dez dias de atraso, o advogado Zanone de Oliveira Júnior, responsável pela defesa do ex-policial civil Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, entregou na segunda-feira (13) as alegações finais de defesa. Por causa do atraso, a Justiça teve que adiar o prazo de anúncio de quais envolvidos serão levados a júri popular.

A juíza Marixa Fabiane Lopes ainda afirmou que não tem previsão para o pronunciamento. A Justiça mineira entra em recesso de fim de ano a partir do próximo dia 20. Caso a decisão não saia até lá, os envolvidos saberão quais deles vão ser julgados somente na primeira semana de janeiro.

Fonte: R7, www.r7.com