Polícia dos Estados Unidos prende homem após ameaças feitas via Twitter

Em seu perfil no Twitter, ele propunha uma “guerra” contra a prefeitura de Oklahoma

Daniel Knight Hayden, 52, foi detido nos Estados Unidos após o FBI (polícia federal norte-americana) identificar no Twitter que o homem planejava transformar um protesto contra taxas na cidade de Oklahoma em massacre. De acordo com o site ?Cnet?, que divulgou a notícia, acredita-se que esse seja o primeiro processo judicial nos EUA baseado no serviço de microblog.

Em seu perfil no Twitter, ele propunha uma ?guerra? contra a prefeitura de Oklahoma, realizando um massacre durante um protesto agendado na cidade para o dia 15 de abril ? esta também é a data de seu último twitt (recado no Twitter). Os textos ameaçadores em inglês, com até 140 caracteres, foram postados no dia 11 de abril.

?Comecem a matança agora. Quero ter a primeira morte. Espero a polícia. Eles vão me matar em minha casa?, ?a matança começou com 168 cidadãos de Oklahoma em abril de 1995? (em referência ao atentado a bomba realizado por Timothy Mcveigh), ?depois de eu ser morto nos degraus do Capitólio, como um homem de verdade, o resto de vocês se lembrará de mim? e ?não ligo mais. Mande os policiais. Vou cortar suas cabeças e jogá-las sobre os degraus do Capitólio de Oklahoma? são alguns dos textos escritos por Hayden.

À publicação ?The Oklahoman?, o agente Michael S. Puskas, do FBI, afirmou que as autoridades usaram os serviços MySpace e Blogger.compara identificar o dono da conta no Twitter como Hayden ? no microblog ele não usava seu verdadeiro nome, mas sim ?CitizenQuasar?.

Fonte: g1, www.g1.com.br