Polícia encontra corpo de suspeito de matar estudante e estuprar garota no Paraná

A polícia vinha investigando denúncias de que este homem teria participação no crime

A polícia do Paraná localizou o corpo de um homem que teria se suicidado na segunda-feira (2), em Curitiba. Segundo os policiais, ele pode ser o autor do assassinato de um estudante de 22 anos, no fim de semana, em Matinhos (PR). Na mesma ocasião, a namorada da vítima foi baleada e estuprada. Ela permanece internada.

A polícia vinha investigando denúncias de que este homem teria participação no crime. Há informações de que ele esteve no litoral no último fim de semana, quando ocorreu o crime.

O corpo do suspeito foi levado para o Instituto Médico Legal de Curitiba. Peritos devem fazer um exame de DNA, comparando amostras de sangue do corpo com o sangue de uma camiseta encontrada pela polícia, perto do local do crime.

Os policiais devem seguir para o IML, na tarde desta quinta-feira (5), para prosseguir com as investigações.

Crime

O casal teria entrado em uma trilha acompanhado pelo criminoso, na tarde de sábado (31). Após 15 minutos, o assaltante teria matado o rapaz e baleado a menina. O homem fugiu e voltou ao local à noite, para estuprar a garota. Ela permaneceu 18 horas na mata até ser socorrida por uma equipe dos bombeiros.

Inicialmente, a polícia acreditava que o homem se ofereceu para guiar o casal de namorados até uma praia. Depois de ouvir depoimentos e cruzar as informações recolhidas, os investigadores também trabalham com a hipótese de que o criminoso abordou os dois jovens com a intenção de estuprar a moça.

Fonte: g1, www.g1.com.br