Polícia encontra ossada humana no interior do Piauí

Polícia encontra ossada humana de homem desaparecido há cerca de 2 anos

17/03/2012 - 13:57

Policiais do 13º Distrito Policial da cidade de Esperantina, a 174 quilômetros de Teresina, encontraram nesta sexta-feira (16) uma ossada humana de um homem desaparecido há cerca de 2 dois anos. O corpo era de um rapaz identificado como Daniel, conhecido como Gaivota.

“Chegamos até a ossada dele porque conseguimos prender o assassino do Gaivota. Trata-se de Francisco Girleno Amorim Carvalho, o Leno. Ele confessou que matou o rapaz porque ele lhe devia R$ 150”, informa o chefe de investigação do 13º, Francisco José.

A ossada humana foi encontrada na localidade conhecida como Bonfim, a cerca de 15 quilômetros de Esperantina. Francisco Girleno já tinha passagens pela polícia e um mandato de prisão em aberto.

“Ele estava sendo acusado de roubo seguido de tentativa de estupro contra uma moça aqui na cidade. Logo após a esse caso ele teria sumido da cidade. A família dele disse que ele estava em São Paulo (SP), mas conseguimos descobrir que ele estava em Açailândia (MA)”, disse Franciso José.

Segundo relatos da polícia, o acusado confessou que atraiu a vítima para o local do crime usando a justificativa que lá ele iriam furtar algumas galinhas. Ao encontrar os restos mortais de Daniel, Francisco Girleno confessou tudo.

“Ele que indicou o local. Lá ainda estavam o crânio, algumas costelas e fêmur da vítima, além de alguns vestígios de roupas que ajudaram a identificar a vítima. Mas o delegado vai enviar os restos mortais para o IML de Teresina para análise”, explica o chefe de investigação do 13º DP.

Francisco Girleno foi encontrado em uma localidade conhecida por Massapé. O acusado encontra-se preso em Esperantina, mas deve ser recambiado para a penitenciária de Teresina nos próximos dias.

Polícia encontra ossada humana no interior do PiauíPolícia encontra ossada humana no interior do PiauíPolícia encontra ossada humana no interior do Piauí

FONTE: jornalesp.com

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ver mais+

DEIXE SEU COMENTÁRIO

voltar para o topo