Polícia explode granada encontrada por menina de 12 anos

A garota é sobrinha de um policial militar aposentado, que chamou a corporação

A Brigada Militar e o Exército Brasileiro explodiram, na tarde desta segunda-feira (7), uma granada que tinha sido localizada por uma menina de 12 anos, em Capão do leão (RS). O artefato estava sob a casa da família, na zona rural da cidade.

A garota é sobrinha de um policial militar aposentado, que chamou a corporação para desativar a granada.

Segundo informações da Brigada Militar, o dispositivo foi levado para o terreno de uma pedreira, onde foi detonado. Segundo a polícia, o explosivo era antigo, mas os estilhaços poderiam ferir uma pessoa em um raio de 25 metros.

Como não tinha nenhum registro ou identificação na granada, o Exército não conseguiu saber a origem do explosivo.

Fonte: g1, www.g1.com.br