Polícia fecha fábrica clandestina de bebidas

Bebidas falsificadas eram fornecidas para bares e restaurantes de Brasília

A polícia fechou, na quinta-feira (22), um laboratório de falsificação de bebidas no Núcleo Bandeirante, cidade a cerca de 10 Km de Brasília. O dono, um universitário, agia há três anos e fornecia para bares e restaurantes de Brasília.

O laboratório de falsificação de bebidas funcionava em um enorme galpão. Uísque e outras bebidas destiladas de qualidade inferior eram colocadas dentro de garrafas vazias de produtos importados e caros. As falsas bebidas eram novamente seladas e vendidas como legítimas.

Só em uma caixa, o falsário faturava, pelo menos, R$ 300. O dono e os funcionários foram levados para a 11ª DP. ?Muita coisa nos impressionou, pela quantidade e o profissionalismo. Era uma coisa muito bem feita, e que qualquer pessoa poderia comprar sem saber que não era de verdade?, afirmou o delegado João Carlos Lócio.

Fonte: g1, www.g1.com.br