Polícia Federal investiga evento polêmico em universidade do Rio

Polícia Federal investiga evento polêmico em universidade do Rio

A Polícia Federal abriu inquérito para investigar uma festa polêmica no pólo da UFF, em Rio das Ostras, na Região dos Lagos do Rio.

A Polícia Federal abriu inquérito para investigar uma festa polêmica no pólo da UFF, em Rio das Ostras, na Região dos Lagos do Rio. Neste sábado (31), agentes da delegacia da Polícia Federal de Macaé fizeram diligências pelo campus para apurar denúncias de que no local houve o consumo de drogas, álcool, orgias e rituais santânicos.

O evento foi realizado na noite de quarta-feira (29) por alunos do curso de produção cultural. O convite para o evento foi publicado em uma rede social com o tema "Xereca Satânik - A Festa". Na sexta-feira, imagens foram divulgadas na internet, chocando e criando uma uma grande polêmica.

As imagens mostram mulheres mascaradas e nuas. Em uma delas, a genitária de uma mulher estaria sendo costurada. Em outras fotos pessoas aparecem num suposto ritual de magia negra, inclusive, com uso de um crânio humano. Um estudante da instituição, que pediu para não ser identificado, contou que as bebidas alcoólicas usadas na festa ficaram armazenadas dentro do novo anexo da UFF.

"A festa ocorreu ao lado do prédio novo chamado multiuso. O diretor do pólo permitiu o armazenamento de bebidas dentro da universidade. O uso de drogas é praticamente liberado. Precisamos de uma intervenção urgente", disse.

Fonte: G1 Globo