Polícia Federal prende dois homens passando respostas pelo celular no Enem

Crime é afiançável, e Polícia Federal não divulga identidade dos presos.

A Polícia Federal no Ceará prendeu dois candidatos maiores de idade durante a realização das provas do Enem passando "cola" pelo celular, em Juazeiro do Norte, no interior do estado. De acordo com a Polícia Federal, os candidatos utilizavam aparelho celular para o recebimento de gabaritos e foram autuados pelo crime de fraudes em concurso de interesse público.

Os candidatos presos se inscreveram com sabatistas, que fazem o exame em horário diferenciado. "Eles foram presos com os gabaritos das provas nos celulares. Ainda não podemos saber como eles tiveram acesso, estamos no começo da investigação", diz a delegada da Polícia Federal Andréia Assunção, responsável pela segurança do Enem no Ceará.

Uma das hipóteses é que os inscritos tenham visto a publicação do gabarito e só depois chegaram ao local de prova, burlando as regras para sabatistas. Os candidatos sabatistas devem chegar ao local do exame às 13h (horário de Brasília) e aguardar em reclusão o início da prova, às 18h.

A delegada explica que o flagrante foi feito em uma fiscalização "aleatória" por amostragem e não descarta a possibilidade de haver mais pessoas envolvidas.

Os presos foram liberados após pagamento de fiança no valor de R$ 6 mil e vão aguardar o julgamento. Se condenados, eles podem pegar pena de um a quatro anos de prisão. O crime ocorreu na noite de sábado (8) e divulgado neste domingo (9).

A ação policial faz parte dos trabalhos de segurança e monitoramento da Policia Federal com o objetivo de acompanhar o Exame Nacional do Ensino Médio  (ENEM) e garantir a lisura do exame seletivo no estado do Ceará.

Segundo dia de prova

Os portões dos locais de prova do Enem já abriram em todo o Brasil e serão fechados às 13h, no horário de Brasília. São 8,7 milhões de inscritos para fazer prova neste sábado (8) e domingo (9). O G1 acompanha os dias de prova em todo o país e mostrará a correção dos exames.

No Ceará, 596.568 candidatos devem fazer o exame, de acordo com o Ministério da Educação. Cinco instituições de ensino superior do estado vão adotar o Sistema de Seleção Unificação (Sisu) para processo seletivo do primeiro semestre de 2015 (UFC, UFCA, Unilab, IFCE e Uece).

Clique aqui e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: G1