Polícia identifica mulher que fez própria foto com tablet furtado

Polícia identifica mulher que fez própria foto com tablet furtado

Ela deve prestar depoimento nesta quarta-feira (16)

A Polícia Civil identificou a mulher que fez um autorretrato com um tablet furtado em Campo Grande. O titular da 2ª Delegacia de Polícia Civil, Alexandre Amaral Evangelista, que investiga o caso, disse ao G1 que trata-se de uma mulher de 34 anos que tem passagem pelos crimes de apropriação indébita, associação criminosa e desobediência. Ela deve prestar depoimento nesta quarta-feira (16).

Segundo o delegado, a mulher ligou para a polícia e disse que viu o tablet cair de uma motocicleta e pegou. Ela relatou ainda que acenou para o motociclista, mas ele não parou. Ela procurou a polícia ao ver as notícias sobre o furto na imprensa.

A expectativa da polícia é que a mulher devolva o tablet. Evangelista disse que, se o objeto não for devolvido no prazo de 15 dias, ela responderá pelo crime de apropriação de coisa achada.

Furto e selfie

O proprietário descobriu que o produto foi furtado após receber uma selfie enviada para uma conta de e-mail vinculada ao tablet. Ao G1, o estudante de 24 anos disse que o aparelho foi furtado na manhã de segunda-feira (14), de dentro do carro da família dele, na avenida Coronel Antonino, junto com uma mochila e outros pertences.

Ainda segundo o estudante, o autorretrato e outras três fotos chegaram ao e-mail do pai dele, que usava o aparelho, cerca de sete horas após o furto. O tablet é vinculado à conta de e-mail que recebe todos os arquivos salvos no aparelho por meio de um backup automático, programado pelo proprietário.

A Polícia Civil aguarda as imagens feitas pelas câmeras de segurança da casa onde o carro estava estacionado. Segundo a família do estudante, o vídeo mostra a ação da pessoa que fez o furto.

Evangelista explicou ainda que, caso fique comprovado que a mulher comprou o tablet sabendo da origem ilícita, responderá por receptação. Caso fique provado que ela participou do furto, responderá por furto.

Fonte: G1