Polícia identifica torcedores suspeitos presentes em pancadaria de Joinville

Quatro pessoas ficaram feridas — uma permanece internada — e três torcedores do Vasco foram presos em flagrante por tentativa de homicídio

A Polícia Civil de Santa Catarina identificou mais de dez torcedores que podem ter participado da pancadaria generalizada ocorrida durante jogo entre Vasco e Atlético-PR em Joinville, Santa Catarina. Quatro pessoas ficaram feridas ? uma permanece internada ? e três torcedores do Vasco foram presos em flagrante por tentativa de homicídio, associação criminosa, dano ao patrimônio público e crime específico do Estatuto do Torcedor.

Dirceu Silveira, delegado regional da Polícia Civil, informou ao R7 que a identificação dos torcedores ocorreu por meio das imagens da partida e de informações recebidas por e-mail. Após segundo inquérito ter sido instaurado pela polícia para apurar a participação de torcedores, foi disponibilizado um endereço para denúncias.

? Estamos recebendo um número significativo de informações por esse e-mail [[email protected]]. Pessoas que estavam lá ou viram as imagens pela TV nos passam a identificação.

De acordo com Silveira, os torcedores identificados são das duas agremiações e, com essa informação, será apurada a participação de cada um deles na briga.

Além disso, a polícia solicitou também alguns documentos ao poder público municipal para verificar se houve delito em relação às questões de segurança na Arena Joinville. No entanto, o delegado esclarece que é "prematuro" apontar possíveis responsáveis pela confusão.

A briga teria começado com torcedores do Vasco que invadiram a área destinada aos atleticanos. O jogo precisou ser interrompido por mais de uma hora.



Fonte: r7