Polícia investiga caso de crianças queimadas no Rio de Janeiro

De acordo com testemunhas, as quatro crianças tinham graves queimaduras dos pés à cabeça

A polícia investiga o que provocou queimaduras graves em quatro crianças, com idades entre 5 e 10 anos, na noite de quinta-feira (26), em São João de Meriti, na Baixada Fluminense. Os irmãos estavam em casa.

Segundo a polícia, a mãe conta que as crianças dormiam e ela teria ido à casa de uma cunhada, por volta das 22h, a poucos metros do lugar onde mora, no bairro Jardim Metrópole. Os três meninos, de 6, 8 e 10 anos, e a menina, de 5 anos, ficaram com o padrasto.

A mãe diz que, no caminho de volta, viu os filhos queimados, já fora de casa. Um vizinho levou as crianças para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Duque de Caxias. De acordo com testemunhas, as quatro crianças tinham graves queimaduras dos pés à cabeça.

Elas foram transferidas para os hospitais Adão Pereira Nunes, em Saracuruna, Albert Schweitzer, em Realengo, e Souza Aguiar, no Centro do Rio. Ainda não há informações sobre o estado de saúde das crianças.

A mãe e o padrasto foram à 54ª DP (Belford Roxo) prestar depoimento. O delegado responsável pelo caso disse que, a princípio, está investigando se houve tentativa de homicídio e abandono de incapaz.

Fonte: G1