Polícia investiga marcas de sangue em apartamento de alemão no RJ

Paredes de edifício tinham marcas vermelhas em vários andares

A Polícia Civil do Rio investiga se as marcas de sangue encontradas nas paredes das escadas do prédio Canoas, zona Sul do Rio de Janeiro, após uma explosão, são do alemão Markus Miller ou de algum bandido que tenha invadido o apartamento.

O local explodiu após um suposto vazamento de gás, mas os investigadores não descartam qualquer hipótese: Das 24 câmeras instaladas no prédio, pelo menos três mostram o momento em que o alemão Markus Muller chegou sozinho ao edifício, no domingo (17), noite antes da explosão.

Os investigadores já pediram imagens dos dias anteriores para entender a rotina do alemão. A polícia investiga se ele tem seguro de vida e se alguém movimentou a conta bancaria do mesmo nos últimos dias.

Fonte: Com informações do G1