Polícia investiga morte de DJ que tocava em festa de jogadores

Ele foi encontrado morto na última sexta-feira em quarto de hotel

Conhecido por animar festas de vários jogadores de futebol, como Ronaldinho Gaúcho, Jô, Vagner Love, Valdemir dos Santos, 37 anos, conhecido como DJ Goleiro, foi encontrado morto na última sexta-feira em um quarto do Sheraton Hotel, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

De acordo com o jornal Extra, Valdemir estava sentado em uma cadeira com um corte no pé direito. Próximo do corpo havia uma mesa de vidro quebrada. No quarto com ele estavam um homem e uma mulher. Ela também teria se ferido, mas não corre risco de morte.— O mais estranho desta história é que meu amigo não tinha condições financeiras de estar naquele hotel. Ele estava com um homem e uma mulher dentro do quarto e eles contaram à polícia que estavam jantando, por volta das 20h, quando a mesa quebrou. Os dois foram buscar ajuda e quando retornaram o Valdemir já estava morto — contou Marcelo Alexandrino da Silva oliveira, de 41 anos, conhecido como DJ Tralha, ao Extra

Patrícia Lázaro Rodrigues dos Santos, 36 anos, irmã do DJ Goleiro também achou estranho que ele estivesse em um hotel tanto caro, as circunstâncias da morte e a demora no socorro.— É muito estranho meu irmão ter morrido em virtude de um corte no pé. O socorro deve ter demorado muito. Está tudo muito confuso. Ele sempre foi uma pessoa muito querida. Animava grandes festas de jogadores de futebol e trabalhava em boates do Rio — disse ela.

A polícia informou que um inquérito foi instaurado para apurar as circunstâncias da morte. A perícia deve enviar um laudo do local, assim como o Instituto Médico-Legal indicará a causa da morte. Testemunhas e amigos da vítima estão sendo ouvidos pelas autoridades e imagens das câmeras de segurança do hotel foram solicitadas.O enterro foi realizado no início da tarde deste domingo, no Cemitério São Francisco Xavier, no Rio de Janeiro.A administração do Sheraton Hotel não se manifestou sobre o ocorrido.


Image title


Image title


Fonte: Diário Gaúcho