Polícia investiga origem de 20 fetos encontrados em Goiânia

A polícia quer esclarecer se os fetos eram para pesquisa científica

A Polícia Civil de Goiás iniciou investigação para apurar como 20 fetos humanos foram parar nos escombros da reforma de uma maternidade pública localizada na Vila Redenção, região sul de Goiânia. No final da tarde de sexta-feira, um dos fetos que estavam dentro de recipientes de vidro foi encontrado por um dos operários que trabalham nas obras da Maternidade Dona Íris.

Acionados, peritos constataram que 20 fetos de diversos tamanhos estavam no local. O material estava enterrado em uma área que, segundo investigadores, poderia pertencer ao salão de estudos ou ao necrotério da maternidade. O espaço fica na parte do prédio que foi demolida no início de 2010 para reforma.

A polícia quer esclarecer se os fetos eram para pesquisa científica ou se houve negligência da direção da unidade que não fez a devida coleta antes do início das obras. A polícia começa a tomar os depoimentos sobre o caso na segunda-feira.

Fonte: Terra, www.terra.com.br