Polícia investiga suspeita de maus-tratos em morte de criança

Menino com um ano e três meses chegou a ser levado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos

A Delegacia de Polícia para Crianças e Adolescentes Vítimas de Delitos (Dpcav) investiga a morte de uma criança de um ano e três meses supostamente por maus-tratos. O crime teria ocorrido na noite de domingo, em Porto Alegre (RS). Segundo informações do Conselho Tutelar e da polícia, a mãe, de 25 anos, teria levado a criança ao Hospital Conceição, mas o menino não resistiu aos ferimentos. Ainda no hospital, ela teria denunciado o pai da criança. A polícia aguarda o resultado dos exames do Departamento Médico Legal (DML). As informações foram publicadas no jornal Zero Hora.

Segundo o Conselho Tutelar, há uma medida protetiva contra o pai. "Ainda não conseguimos confirmar se eles tinham algum registro na quinta região, onde moravam anteriormente. Entretanto, soubemos que há uma medida protetiva contra o pai, embora eles vivessem juntos. A avó materna da criança acusou a mãe de omissão", explicou a conselheira Ana Cristina Medeiros. A mulher tem outros dois filhos, uma menina de dois anos e um menino de quatro anos, que foram encaminhados a um abrigo do conselho, que agora procura por familiares que possam se responsabilizar pelos irmãos. Ela foi ouvida na delegacia, ontem à tarde, e encaminhada ao Conselho Tutelar para resolver a situação dos filhos.

Fonte: Terra