Pais teriam vendido bebê por R$ 50 para comprar crack no RS

Pais teriam vendido bebê por R$ 50 para comprar crack no RS

Bebê de cinco meses foi encontrado em Passo Fundo

A Polícia Civil investiga a venda de um bebê de cinco meses por R$ 50, em Passo Fundo (RS). A criança teria sido dada a uma mulher por seus pais, ambos usuários de crack, para sustentar o vício. Segundo a polícia, a criança já foi localizada e entregue ao Conselho Tutelar.

Segundo a polícia, a localização da criança foi feita por equipes da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA). A investigação partiu de uma denúncia anônima. Segundo a denunciante, uma mulher que estaria grávida de um menino teria aparecido com uma menina, afirmando ter dado à luz no hospital da cidade de Machadinho (RS).

A polícia visitou a casa da suspeita e conversou com a suposta avó da criança, que mostrou fotografias da gestação e confirmou que a criança teria nascido em outra cidade. A mãe adotiva manteve a versão à polícia, mas, ao ser examinada por uma médica legista, comprovou-se que ela não havia passado por um parto recente.

De acordo com a Polícia Civil, a mulher teria então confessado à polícia que recebeu o bebê de uma mulher viciada em crack que não teria condições de cuidar da criança e que para ajudá-la, teria dado R$ 50. A polícia investiga a responsabilidade da mulher e dos pais da criança.

Fonte: g1, www.g1.com.br