Polícia joga gás de pimenta em manifestantes

Moradores protestam contra dois meses de alagamento; grupo está em frente à prefeitura

Cerca de 230 moradores do Jardim Romano, bairro da zona leste de SP que fica na várzea do rio Tietê, foram atingidos por gás de pimenta por policiais militares. O grupo está desde as 14h desta segunda-feira (08) em frente à sede da prefeitura, na região central. Os moradores protestam contra os dois meses de alagamento do bairro, que foi atingido pelas enchentes em dezembro de 2009.

A reportagem do R7 presenciou a PM pedindo que os manifestantes recuassem para trás de algumas grades, para isolar a entrada da prefeitura.

O empurra-empurra entre moradores e policiais teve início e, desta forma, a polícia começou a jogar gás de pimenta nos manifestantes. Há policias não-identificados no meio da multidão.

Procurada pela reportagem, a assessoria de imprensa da PM diz que não houve confronto e que a manifestação está pacífica.

Segundo a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), os manifestantes estão na calçada do viaduto do Chá, por isso o trânsito na região não foi afetado.

Fonte: R7, www.r7.com