Polícia localiza gêmeas de 3 meses vendidas pela mãe

Advogado da professora que estava com os bebês nega pagamento

A polícia de Arapiraca (AL) acaba de localizar as irmãs gêmeas de três meses que teriam sido vendidas na véspera pela própria mãe, uma mulher de 28 anos, por R$ 1.300. Os bebês foram encaminhados para o Conselho Tutelar, segundo o delegado plantonista Gilson Rego.

A mãe das crianças foi preso na sexta-feira (5) e está na Casa de Custódia de Arapiraca. Após vender as crianças, a mãe teria se arrependido e procurado o pai dos bebês que, imediatamente, foi à Delegacia Regional da cidade.

As crianças estavam com uma professora de cerca de 60 anos. Segundo Geraldo Palmeira, advogado da professora, não houve pagamento pelas crianças. "Recebeu, porque a mãe entregou sob o pretexto de que não tinha condições materiais de cuidar. A única pretensão dela era cuidar dessas crianças", disse.

A professora terá que prestar esclarecimentos e, assim como a mãe das gêmeas, pode ser autuada com base no artigo 238, do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que determina a prisão ou reclusão de um a quatro anos a quem ?prometer ou efetivar a entrega de filho ou pupilo a terceiro, mediante pagamento ou recompensa?.

Fonte: g1, www.g1.com.br