Polícia mata chefe de quadrilha criminosa

Na casa onde ele se escondia, a polícia encontrou dois coletes balísticos, cinco fardas dentre outras coisas.

A polícia matou um homem apontado como chefe de uma das principais quadrilhas criminosas que atuam na Bahia. Ele teria sido morto em um tiroteio no bairro da Paz, periferia de Salvador, na noite de domingo.

a ação teria durado pouco mais de uma hora e, segundo a polícia, o homem estava armado com uma metralhadora, uma pistola e usava colete à prova de balas. Outros três homens que estavam junto com a vítima conseguirem fugir.

Na casa onde ele se escondia, a polícia encontrou dois coletes balísticos, cinco fardas, um par de coturno, seis bombas caseiras, uma balança de precisão, pedras de cocaína, pasta base da droga, pedras de crack e uma planta de maconha.

O delegado titular Cláudio Oliveira disse que as fardas eram usadas nos assaltos. A investigação durou 11 meses. Ele respondia a oito inquéritos policiais, por tráfico de drogas, homicídio qualificado e latrocínio, além de ser acusado de já ter comandado, em novembro do ano passado, um assalto à sede da Preserve, em Salvador, que resultou no roubo de R$ 16 milhões em espécie. Contra ele existia ainda três mandados de prisão preventiva.

Fonte: Terra