Polícia militar confunde refém com bandido e mata um comerciante durante uma perseguição em SP

Polícia militar confunde refém com bandido e mata um comerciante durante uma perseguição em SP

Assaltante foi atingido, mas sobreviveu

A perseguição a um assaltante terminou com a morte de um refém, na zona sul de São Paulo. A vítima tinha um celular na mão, mas os policiais acharam que era uma arma e atiraram.

Na delegacia, os PMs admitiram ter atirado por engano. O homem, de 32 anos, morreu antes de chegar ao hospital.

O bandido, que também foi baleado, está internado sob escolta policial.

Fonte: r7