Polícia Militar foi avisada antes de briga entre skinheads e punks

Ofício alertou PM sobre confronto agendado pela internet em dia de show.

A Polícia Militar foi avisada com antecedência sobre a briga entre skinheads e punks que havia sido agendada pela internet para acontecer no dia de um show de uma banda de rock´n´roll numa casa noturna na Zona Oeste de São Paulo. Os organizadores do evento enviaram um ofício À PM no dia 29 de agosto pedindo mais policiamento na região por conta do confronto que foi marcado pelas redes sociais.



Ao todo, 200 pessoas atenderam ao chamado para o conflito. E apesar do alerta à Polícia Militar, na noite de sábado (3), uma pessoa morreu esfaqueada e outra ficou gravemente ferida na briga entre skinheads e punks em frente ao bar onde acontecia a apresentação musical. Outras dezenas ficaram feridas. Na hora da confusão, cerca de 400 pessoas estavam na rua.

O produtor de eventos da casa, Ricardo Garcia, diz que tomou esta precaução porque na internet estavam circulando boatos de que os grupos rivais poderiam se enfrentar.

?Com certeza, foi uma briga marcada. Isso foi bem claro. Skinheads, punks, não dá para definir se são gangues opostas. Hoje na internet é tudo muito globalizado. A gente entra nas comunidades dessas bandas especificas até para se fazer propaganda do evento e lá você consegue essas informações de que poderia haver algum tipo de encontro entre duas gangues rivais. Não me recordo o nome delas, mas poderia, sim, haver um encontro?, contou o produtor Ricardo Garcia.

Fonte: G1