Polícia Militar vai parar motos nas ruas de Fortaleza

Tem como objetivo dar um freio nos crimes cometidos na capital

?A determinação é parar, abordar, fazer a revista, checar identidade e, em caso de flagrante, dar voz de prisão. Se a situação for de suspeita, conduzir para a delegacia de Polícia Civil mais próxima?. A declaração é do chefe do Comando do Policiamento da Capital (CPC), coronel PM Sérgio Costa, que determinou aos efetivos de todos os batalhões e companhias da PM em Fortaleza e Região Metropolitana a realizar abordagem a motocicletas que trafeguem pelas ruas com dois ocupantes.

Segundo o oficial, o trabalho de Polícia ostensiva, que vai ser deflagrado logo pela manhã, tem como objetivo dar um freio nos crimes que vêm sendo constantemente praticados na Grande Fortaleza em que seus autores utilizam motocicletas como meio de fuga.

Os delitos mais comuns em que são utilizadas motocicletas são as ´saidinhas´ e ´chegadinhas´ bancárias (assaltos à mão armada) e os crimes de pistolagem, vingança ou ´acerto de contas´ por ordem de traficantes. A mais recente modalidade criminosa, porém, é o ´delivery´ do tráfico, isto é, a entrega de drogas em domicílio usando motoqueiros pagos pelos traficantes em diversos bairros.

Antecipou

Ontem à tarde, o coronel Sérgio Costa e seus auxiliares ultimavam o planejamento operacional para o início das abordagens.

Em entrevista exclusiva ao Diário do Nordeste ele informou que, a princípio, a operação somente seria iniciada na próxima segunda-feira, mas decidiu antecipá-la. Minutos antes do fim da reunião entre os oficiais no CPC, mais um crime era registrado na Capital com iguais características. Um homem que tem passagens pela Polícia foi atingido com um tiro no peito disparado pelo garupeiro de uma motocicleta.

O caso ocorreu por volta das 16 horas na Avenida Senador Fernandes Távora, no bairro Genibaú. Cerca de uma hora antes do atentado, duas ´saidinhas´ bancárias haviam sido registradas na área da Aldeota. O homem baleado, no Genibaú, chegou ao IJF-Centro sem documentos, mas segundo a Polícia, ele já responde por tráfico de drogas e é bastante conhecido na área. Em estado grave, o ferido foi levado para a Sala de Ressuscitação.

Execuções

?Este é o segundo nível da operação de saturação nos bairros que iniciamos na quarta-feira. Determinei aos comandantes do 5º e 6º Batalhões e ao Batalhão de Choque, que orientem as patrulhas e motopatrulhas das companhias a fazer as abordagens como forma preventiva. Estaremos combatendo desde os crimes de menor potencial ofensivo aos delitos mais graves, como as execuções extrajudiciais?, afirmou o comandante do CPC.

Nos últimos dias, vários crimes de morte ocorreram na Capital com o mesmo ´modus operandi´. No domingo, o PM Valdemiro Ribeiro da Costa (sargento) foi assassinado, na porta de casa, no Mondubim, por dois homens que estavam em uma moto Twister amarela. Dois dias antes, o engenheiro pernambucano Domingos Sousa Silva acabou sendo fuzilado por motoqueiros, no bairr

Fonte: Diário do Nordeste, www.diariodonordeste.com.br