Polícia pede prisão de administrador de empresas por vandalismo

Pelos crimes de lesão corporal, ameaça, dano ao patrimônio, incitação ao crime e formação de quadrilha

A Polícia Civil do Rio de Janeiro indiciou, na noite deste sábado, o administrador de empresas Gabriel Campos Pessoa de Mello, de 29 anos, pelos crimes de lesão corporal, ameaça, dano ao patrimônio, incitação ao crime e formação de quadrilha por envolvimento na confusão que marcou o início dos confrontos e atos de vandalismo na quinta-feira em frente ao prédio da Prefeitura do Rio.

O delegado adjunto da 5ª DP (Mem de Sá), Antônio Bonfim, solicitou, no início da madrugada, no plantão judiciário, a prisão temporária por cinco dias de Gabriel.

Ao inquérito encaminhado ao Ministério Público e à Justiça estão anexadas fotos que mostram Gabriel em várias situações: armado com pedaço de ferro na mão, em luta corporal com outros homens e também afrontando policiais militares a cavalo que faziam a proteção do prédio.


Polícia pede prisão de administrador de empresas por vandalismo

Polícia pede prisão de administrador de empresas por vandalismo

Polícia pede prisão de administrador de empresas por vandalismo

Fonte: Terra