PM prende 4 dentistas falsos que atuavam sem nunca ter estudado

Um deles usava o registro profissional de um dentista morto há dez anos.

A Polícia Civil prendeu quatro falsos dentistas que atuavam em Anápolis, a 55 km de Goiânia. Segundo a polícia, eles faziam até cirurgia sem nunca ter estudado odontologia. A polícia encontrou os infratores depois de denúncias feitas pelo Conselho Regional de Odontologia (CRO).


Polícia prende 4 dentistas falsos que atuavam sem nunca ter estudado

Com eles, a polícia apreendeu certificados falsos, instrumentos odontológicos, próteses e até anestesias. A polícia informou também que um deles usava o registro de outro dentista, que faleceu há dez anos e tinha o mesmo nome e sobrenome do infrator.

O consultório dele fica na região Sul de Anápolis e foi fechado pela polícia. Outro consultório funcionava na região central da cidade, de maneira improvisada, em uma casa. De acordo com o Conselho Regional de Odontologia, os falsos profissionais colocavam os pacientes em risco.

?Eles ficavam expostos à contaminação, a doenças, principalmente porque estes locais costumam ser insalubres. Esses falsos profissionais não têm o conhecimento adequado para a esterilização de materiais?, explica a coordenadora de fiscalização do CRO Fabiane Gioia.

Apesar dos riscos oferecidos pelos infratores, nenhum deles ficou preso. ?Foi lavrado contra eles um Termo Circunstanciado de Ocorrência e eles prestaram o compromisso de comparecer ao Poder Judiciário, onde provavelmente serão estipuladas uma multa e uma pena pecuniária, que é uma prestação de serviços à comunidade?, afirma o delegado Manoel Vanderic.

Fonte: G1