Polícia prende 4 por morte de aluno dentro de banheiro da UFMA

Um dos suspeitos confessou ter desferido golpes que mataram aluno

Foram presos na madrugada desta segunda-feira (8), na Vila Maranhão, Região Metropolitana de São Luís, quatro suspeitos por participação no assassinato do estudante Kevin Rodrigues Ribeiro, em um banheiro da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Um dos suspeitos, identificado como Mailton Irapuã Cardoso, confessou ter desferido os golpes que mataram o estudante. Os outros três – irmão do suspeito pelo crime, a namorada e o dono da residência utilizada de esconderijo – são suspeitos por ajudar na fuga do assassino.

As prisões foram efetuadas pelo Grupo de Serviço Avançado (GSA) do 1º Batalhão de Polícia Militar (BPM), após operação conjunta da Polícia Militar do Maranhão (PM-MA) e Polícia Civil iniciada logo após o crime.

Image title

Investigação

De acordo com as primeiras informações coletadas com os suspeitos, trata-se de uma tentativa de latrocínio. À polícia, Mailton Cardoso – que já era acostumado a praticar assaltos no campus da universidade federal – queria roubar o celular da vítima, entrou em luta corporal com o estudante e desferiu um primeiro golpe no abdômen da vítima. Depois, atingiu Kevin Ribeiro com outros dois golpes. Como viu que já havia matado a vítima, o suspeito deixou os objetos no local, se preocupando exclusivamente com sua fuga.

Segundo informou o delegado Walter Wanderley à rádio Mirante AM, que está à frente das investigações, contra o principal suspeito foi cumprida prisão preventiva, pedida pelo Ministério Público do Maranhão (MP-MA) e expedida pela Justiça.

Para ele, não há mais dúvidas sobre a participação de Mailton Cardoso e o crime está elucidado. “O certo é que dentro da investigação a autoria está definida. Nós já temos prova da autoria e provas da morte da pessoa também, que o Poder Judiciário tem”, disse.

Fonte: Com informações do G1