Polícia prende acusado de matar bombeiro na frente dos filhos

Barboza foi morto na frente de sua casa

A Polícia Civil prendeu ontem um suspeito de participar do assassinato do bombeiro Renato Leite Barboza, 37, morto em agosto do ano passado durante uma tentativa de assalto na região do Jabaquara, na zona sul de São Paulo. Segundo a polícia, o crime aconteceu na frente dos dois filhos gêmeos da vítima.


Polícia prende acusado de matar bombeiro na frente dos filhos

Barboza foi morto na frente de sua casa, na rua das Grumixamas, após ser abordado por três homens armados. Houve troca de tiros. Dois criminosos tentaram fugir, mas bateram o carro em que estavam. Um morreu e o outro foi preso. Já o terceiro suspeito tinha conseguido fugir na ocasião.

Após seis meses de investigação, o suspeito foi encontrado e preso na favela Vietnã, na zona sul. De acordo com a polícia, ele era procurado por ter fugido do presídio semi-aberto de Marília (435 km de SP), de onde saiu no Dia dos Pais e não retornou.

A polícia afirmou que após a prisão o suspeito confessou participação na morte do bombeiro e em outros crimes, que estão sendo investigados.

Fonte: Folha.com