PM prende seqüestradores no Piauí

Após a prisão, os acusados confessaram à Polícia a prática quatro assaltos

Foram presos na cidade de Picos dois acusados de integrarem uma quadrilha especializada em seqüestro-relâmpago em municípios da região de Picos. José Gregório da Silva, de 20 anos, e o adolescente de iniciais A.A. de A., de 16 anos, foram presos por policiais militares do 4º Batalhão de Polícia Militar (4ºBPM) e da Polícia Militar de Fronteiras.

Após a prisão, os acusados confessaram à Polícia a prática quatro assaltos sendo um em Monsenhor Hipólito, um em Jaicós, um em Campo Grande e outro em Vilanova do Piauí.

De acordo com informações do tenente Monteiro do 4º BPM, a quadrilha é comandada por Sinvaldo, de 33 anos, foragido da Polícia de Pernambuco. Ele está foragido, acompanhado de uma mulher identificada apenas como Adriana.

O último assalto praticado pelo bando foi a Lanchonete Pires, na cidade de Monsenhor Hipólito, no último dia 08 de maio. Na ocasião os acusados chegaram por volta de 23h30 armados de revólveres e anunciaram o assalto. Como no estabelecimento tinha pouco dinheiro os meliantes fizeram a esposa do comerciante como refém e foram até a casa do pai do comerciante e pegaram uma quantia em dinheiro no valor de aproximadamente de R$ 3 mil.

Os clientes que chegavam ao estabelecimento eram humilhados e agredidos, e ainda exigiam que lhe entregassem todos seus pertences. No mesmo dia a senhora Euniceles Bezerra proprietária da panificadora doce saber também foi vítima da ação da quadrilha, eles levaram dela cerca de 300,00, o jovem Marcelo teve um colar e um relógio tomado pelos elementos, no momento que ele entrou na lanchonete com a namorada Claécia.

Segundo o Major Vicente Carlos, Comandante do 4.º BPM, os acusados agiam com extrema violência durante os crimes. ?O mais violento era o menor de idade que imprimia terror às vítimas. O objetivo da quadrilha era arrecadar 15 mil reais e em seguida fugir para Pernambuco?, disse.

Fonte: Riachao Net