Polícia prende assaltante de Correios com drogas no Piauí

O bandido já estava sendo monitorado

Foi preso na noite desta terça-feira (12), no município de Uruçuí, Givaldo Moreira Soares, 20 anos, com crack, maconha e R$ 58,00 em dinheiro. A ação é resultado de uma investigação conjunta entre as Policias Civil e Militar onde o jovem já vinha sendo investigado por tráfico de drogas

Em ação conjunta da Polícia Civil e da Polícia Militar, foi preso na noite de ontem na cidade de Uruçuí com crack, maconha e R$ 58,00 reais em dinheiro a pessoa de Givaldo Moreira Soares Júnior, 20 anos de idade, cuja pessoa já estava sendo investigada por tráfico de drogas. 

O jovem é acusado de fazer parte de uma quadrilha especializada em assaltar agências dos Correios no Piauí e Maranhão.  Em janeiro de 2015, ele teria participado do roubo a agência dos Correios de Landri Sales, de onde foram levados mais de R$ 30 mil.

De acordo com Jarbas LIma, Delegado Regional de Uruçuí, Givaldo era a última pessoa que faltava ser preso da quadrilha de assaltantes a agência de Correios. 

Jarbas Lima informou que o próprio Givaldo confessou, em depoimento realizado em Uruçuí, ter assaltado a agência de Landri Salaes junto outros três comparsas." "Outros dois comparsas da mesma quadrilha já tinham sido presos em Uruçuí depois de fugirem após cometerem um assalto à agência dos Correios de Loreto, Maranhão, onde três deles foram mortos pela Polícia˜, disse o delegado informando que o inquérito sobre o roubo a agência dos Correios de Landri Sales está sendo conduzido pela Polícia Federal.

De acordo com o Major Feitosa, comandante do 10º Batalhão da Polícia Militar (BPM) de Uruçuí havia possibilidade de Givaldo realizar também assaltos em Uruçuí. Ele disse que havia recebido informções que o acusado estava se articulando com outras pessoas para cometer assaltos na região. "Conseguimos prendê-lo antes disso. Inclusive na época do roubo à  agência dos Correios de Landri Sales, Gilvado foi gravado pelo circuito de câmeras de segurança cometendo o assalto. A quadrilha estava se organizando para assaltar o Banco do Brasil de Ribeiro Gonçalves na época, de acordo com informações dos próprios presos", relatou Major Feitosa.

A Polícia conseguiu abordar Givaldo em um bar de Uruçuí após monitorá-lo durante a noite e constatar que ele estva com maconha e crack para o comércio no município local.

O acusado foi preso e autuado em flagrante por tráfico de entorpecentes e será encaminhado para a Penitenciária de Vereda Grande em Floriano.



Image title

Image title

Image title

Fonte: Portal MN