Polícia prende coveiro que matou mulher a pedradas

Polícia prende coveiro que matou mulher a pedradas

O coveiro tem passagens pela polícia por já ter tentado atear fogo no corpo de outra companheira.

Na manhã desta quinta-feira, 13, foi preso o coveiro Raimundo Alves dos Santos, acusado de ter assassinado a pedradas a própria esposa Rosenilda Andrade no Parque Vitória, zona Sul de Teresina. Informações da polícia apontam que o acusado, com requintes de crueldade, utilizou um bloco de concreto e um pedaço de pau contra a vítima no dia 1º de março.

O delegado Francisco Bareta, da Delegacia de Homicídios, afirma que houve afundamento craniano na vítima, com derramamento de massa cefálica.

As diligências do caso tiveram início com depoimento de testemunhas. Segundo o delegado, a prisão preventiva foi decretada imediatamente por estarem estampadas a materialidade e a autoria do crime.

A prisão aconteceu na manhã desta quinta-feira, 13. ?Ele foi preso não porque se entregou, mas porque já estava sendo acuado pelo aparelho policial.?

O coveiro tem passagens pela polícia por já ter tentado atear fogo no corpo de outra companheira. ?Já existe outra senhora, ex-companheira dele, que ele tentou matar ateando fogo no corpo, além de outros registros de violência doméstica contra outras pessoas que ele fez de vítimas?, conclui o delegado ao afirmar que Raimundo Alves dos Santos é um elemento de alta periculosidade.

Em entrevista à Rede Meio Norte, o coveiro afirmou que não quis atingir a sua esposa, e sim seu filho. ?Eu estava tendo uma conversa com ela e ele(o filho) chegou alterado, eu peguei um pau para arremessar contra ele e ela entrou na frente.?

Raimundo Alves foi encaminhado no final desta quinta-feira para o sistema prisional de Teresina.

Fonte: Denison Duarte