Polícia prende homicida acusado de assassinato e ocultação de cadáver

Daniel estava trafegando no rodoanel de José de Freitas com mais duas pessoas, quando o policial Gilson Ferreira interceptou o criminoso.

Um homicida identificado como Daniel Arcanjo Celestino, que foi condenado há 20 anos de reclusão por um crime cometido na cidade de Piracuruca, região norte do Estado, foi preso pelo coordenador de polícia civil de José de Freitas, Gilson Ferreira,

Image title

Daniel estava trafegando no rodoanel de José de Freitas com mais duas pessoas, quando foi interciptado pelo policial Gilson Ferreira. No momento da ação policial, o acusado que estava sem documentos, criou um nome fictício para tentar escapar.

Após uma minuciosa investigação, constatou-se que se tratava de um bandido que já cumpriu 07 anos de prisão em regime fechado na penitenciaria Irmão Guido em Teresina, sob acusação de ter participado num crime onde a vítima foi morta com pelo menos 20 facadas na cidade de Piracuruca, em seguida o corpo do piracucuquense foi ocultado para dificultar o trabalho de investigação da polícia.

Daniel já chegou a fugir da penitenciária por duas vezes. E recentemente foi preso em José de Freitas, onde deverá ser conduzido para o sistema prisional de onde fugiu e cumprir o restante da pena em que lhe foi imposta.

Sebinho como é conhecido, foi preso em maio de 203 pela Força Tática da cidade de Altos, e seguida, consegui fugiu, sendo preso em janeiro de 2014 na cidade de Campo Maior, logo depois, consegui fugir, e agora foi preso em José de Freitas.

Fonte: Jfagora