Polícia prende idosa suspeita de explorar adolescentes

Mulher seria integrante de quadrilha presa no começo do mês. Ela administraria apartamentos alugados por transexuais

 Uma idosa de 67 anos foi presa na manhã desta segunda-feira (14), suspeita de participar de uma quadrilha que explorava sexualmente adolescentes no bairro de Copacabana, na Zona Sul do Rio.

De acordo com o titular da Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (Dcav), delegado Luiz Henrique Pereira, a mulher seria integrante de uma quadrilha presa no dia 8 de setembro, durante a operação Babilônia II. Na ocasião, um grupo acusado pela polícia de explorar sexualmente adolescentes e adultos homossexuais foi desarticulado.

Cinco pessoas foram presas. De acordo com policiais, a idosa administrava três apartamentos em Copacabana. O local, segundo a polícia, era usado para hospedar transexuais vindos de outros estados, que pretendiam trabalhar na prostituição, naquela região. Eram cobrados em R$ 20 por dia para permanecerem no apartamento. A suspeita foi encaminhada para a sede da Dcav.

Fonte: g1, www.g1.com.br