Polícia prende jornalistas suspeitos de extorquir prefeito

Os dois jornalistas contataram a prefeitura para negociar a publicação de matérias

Dois jornalistas foram presos em flagrante na quinta-feira em Brasnorte (MT), a 575 km da capital do Estado, suspeitos de tentar extorquir R$ 110 mil do prefeito da cidade, Mauro Rui Heisler (PR).

De acordo com o relato do secretário de Finanças do município, Joaquim Alexandre de Oliveira, os dois jornalistas contataram a prefeitura para negociar a publicação de matérias favoráveis à cidade e seus administradores. Ele contou ainda que os suspeitos chegaram a fazer dois serviços para a prefeitura para mostrar seu poder de influência.

Depois disso, os dois anunciaram que pretendiam formar na cidade um jornal que trabalharia em prol da prefeitura, desde que o prefeito pagasse R$ 110 mil. Segundo o secretário, o prefeito negou a proposta por não ter a quantia necessária, nem considerou retirar a verba dos cofres públicos, como sugeriu a dupla.

A partir daí os dois profissionais começaram a chantagear o prefeito, ameaçando publicar matérias atacando sua administração se ele não providenciasse o dinheiro. O prefeito então alertou o comando da Polícia Militar e armou uma reunião para dar o flagrante. Quando o secretário de Finanças entregava R$ 5 mil aos jornalistas, agentes da polícia entraram na sala e deram voz de prisão aos suspeitos.

Os jornalistas estão presos na delegacia de Brasnorte e serão interrogados pela delegada titular, Cíntia Cupido. Ela também ouvirá os outros envolvidos no caso.

Fonte: Terra, www.terra.com.br