Polícia prende quadrilha suspeita de roubar caminhões em 3 Estados

Os veículos eram encomendados por integrantes da quadrilha estabelecidos em Araçatuba

Uma operação da Polícia Civil de Uberlândia (MG) prendeu na manhã desta segunda-feira 15 pessoas - 12 em Minas Gerais e três em Araçatuba (SP) - suspeitas de fazer parte de uma quadrilha acusada de roubar caminhões e cargas que atuava em Goiás, Minas Gerais e São Paulo. Os caminhões eram desmanchados, e as peças, adulteradas e vendidas no mercado paralelo.

Os veículos eram encomendados por integrantes da quadrilha estabelecidos em Araçatuba, cidade onde os caminhões eram desmanchados, em uma oficina mecânica clandestina. Chamados pela polícia de grupo mandante, os três suspeitos de Araçatuba contratavam ladrões de Minas Gerais para executar os roubos naquele Estado e em Goiás e também trazer os veículos e as cargas para Araçatuba. Donos de postos de gasolina de Minas também serão investigados por compras de peças adulteradas.

De acordo com o inspetor Humberto Silva Souza, da Polícia Civil de Uberlândia, a polícia começou a investigar a quadrilha em agosto de 2013 e, agora, conseguiu mandados de prisão dos integrantes do bando. Até o momento, a polícia levantou provas de participação deles em três roubos, avaliados em R$ 1,2 milhão.

Iscas

Para roubar, a quadrilha usava mulheres como iscas. Elas ficavam à beira da estrada esperando os caminhoneiros alvos da quadrilha para pegar ?carona?. Em determinado trecho da viagem, combinado anteriormente pelo bando, elas pediam para descer ? neste momento, os motoristas eram rendidos pelos assaltantes.

A carga e os caminhões eram levados para Araçatuba, ficando os três suspeitos responsáveis pela venda das peças e da carga roubada. O trio, cujos nomes não foram divulgados pela polícia, tiveram a prisão temporária decretada pela Justiça de Minas Gerais. A apresentação da quadrilha será feita nesta terça-feira pela Polícia Civil de Uberlândia.

Fonte: Terra