Polícia prende suspeita de matar avô de jogador do Flamengo

Segundo Fontenele, a mulher confessou ter assassinado o aposentado


Polícia prende suspeita de matar avô de jogador do Flamengo
A Polícia Civil do Mato Grosso prendeu na tarde desta sexta-feira uma mulher de 32 anos suspeita de roubar e assassinar o aposentado Cirilo Alves da Mota, 87 anos, avô do jogador do Flamengo Michel Lorran. Ele foi encontrado estrangulado no último fim de semana em sua casa, em Barra do Garças, a 412 km de Cuiabá.

De acordo com o delegado Heródoto Souza Fontenele, da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Barra do Garças, a suspeita foi localizada por volta das 15h em uma fazenda no município vizinho de Aragarças (GO). De posse de um mandado de prisão temporária, a polícia deteve a suspeita e a levou para depor na delegacia.

Segundo Fontenele, a mulher confessou ter assassinado o aposentado sem qualquer ajuda, e levado R$ 4 que estavam em seu bolso. A investigação da polícia, no entanto, aponta circunstâncias diferentes. "Acreditamos que ela sozinha não teria conseguido cometer esse crime", disse o delegado. Ele acrescentou que a mulher também afirmou já ter feito programas com a vítima.

Uma semana antes do crime, segundo a investigação da polícia, a suspeita havia roubado a carteira do aposentado e tentado efetuar saques em caixas eletrônicos. Segundo o delegado, na madrugada do dia 3 de dezembro ela teria voltado, junto com um companheiro, para roubar ainda mais o idoso. "Na discussão, ela o matou por estrangulamento", relata.

A polícia já tem um mandado de prisão para o suposto comparsa da suspeita, e segundo Fontenele ele deve ser preso "nas próximas horas". "Estamos investigando a localização dele, temos toda nossa equipe focada nisso", afirmou o delegado. Os dois suspeitos deverão responder por latrocínio - roubo seguido de morte.

Fonte: Terra, www.terra.com.br