Polícia prende suspeito de assassinar "Japonês do Funk"

Polícia prende suspeito de assassinar "Japonês do Funk"

Criminoso foi detido pelo GOE junto com outros seis homens. Polícia estava monitorando o suspeito há alguns meses.

Policiais do Grupo de Operações Especiais (GOE) da Polícia Civil de Praia Grande, no litoral de São Paulo, prenderam na noite desta sexta-feira (15) um homem suspeito de ter assassinado o empresário Ricardo Vatanabe, de 42 anos, conhecido como Japonês do Funk, em novembro de 2012.

O acusado foi detido com outros seis homens que já estavam sendo investigados por tráfico de drogas e tinham as prisões decretadas. Os policiais chegaram até o suposto assassino após meses de investigações e monitoramento.

Crime

Ricardo Vatanabe foi encontrado enforcado com um fio na madrugada do dia 28 de novembro de 2012 em Santos, no litoral de São Paulo. Pela manhã a polícia já descartava a hipótese de que o empresário tenha se suicidado.

A polícia foi chamada por volta das 2h30, por meio de uma denúncia anônima, e ao chegar na casa que fica na rua Nove de Julho, no bairro Marapé, encontrou o corpo do Japonês do Funk sentando em uma cadeira, enforcado com um fio. Não havia sinais de arrombamento.

Ricardo havia completado 42 anos. Segundo amigos da vítima, no imóvel funcionava o escritório dele. O empresário era um dos proprietários de uma das principais casas de shows de São Vicente.

Três câmeras de monitoramento funcionavam no imóvel. Uma filmava imagens do lado de fora, uma dentro da sala, voltada para a porta de entrada, e a terceira ficava em uma escadaria. O equipamento com as imagens foi apreendido, mas as informações são de que as gravações só aconteceram até as 20h30.

Foi apreendida ainda uma carteira com 101 dólares. O empresário era natural de Presidente Prudente e se candidatou duas vezes para a Câmara Municipal de Santos, sem sucesso. Na última eleição, obteve mais de 3.600 votos.

Fonte: G1