Polícia prende suspeito de enganar mulheres no DF e em 4 estados

Segundo vítima, ele 'conquistava' vítimas para pedir favores

Suspeito de aplicar golpes em mulheres do Distrito Federal e de outros quatro estados, um homem de 41 anos foi preso nesta quarta-feira (6) em Pouso Alegre, no sul de Minas Gerais. Segundo a Polícia Civil do DF, Luiz Antônio Silvestre conquistava as vítimas e mantinha relacionamentos amorosos duradouros, com a intenção única de obter vantagem financeira.

Até a tarde de quarta, 16 inquéritos já tinham sido abertos. Uma das vítimas de Silvestre, que não quis se identificar, afirma que ele mandava músicas religiosas e mensagens apaixonadas para conquistar as "namoradas".

Image title

"Ele sabe conquistar, é carinhoso no começo. É um homem que manda mensagem: 'Bom dia, boa noite, meu amor", diz a mulher. Durante um ano, ela conta que fez de tudo para agradar o companheiro. "Eu paguei quatro meses de aluguel. Comprei todos os móveis, roupas, perfumes, carro", afirma.

Silvestre também fez empréstimos no nome da namorada, sem consentimento, e comprou um carro com os documentos dela. O impacto na vida da mulher não foi apenas financeiro. Segundo ela, Luiz Antônio Silvestre jurou que tinha feito vasectomia e, por isso, não poderia fazer filhos. A mulher parou de tomar anticoncepcional e, meses depois, engravidou do namorado. A filha, hoje, tem oito meses.

Segundo a Polícia Civil, pelo menos cinco mulheres foram enganadas pelo homem e engravidaram. Depois que as crianças nasciam, o homem sumia para não arcar com as responsabilidades paternas e partia para a próxima vítima, de acordo com as denúncias.

Luiz Antônio Silvestre foi preso pelo crime de estelionato, com mandado referente a um dos processos em apuração. Ele também responde por furto e roubo, entre outros crimes. Por enquanto, o DF tem apenas uma ocorrência relacionada a mulheres da capital.


Fonte: Com informações do G1