Polícia prende suspeito de matar 30 mulheres em LA

John Thomas Junior, de 72 anos, preso em várias ocasiões - entre 1957 e 1983

A polícia de Los Angeles anunciou nesta quinta-feira (30) que prendeu um homem suspeito de violentar e matar cerca de 30 mulheres na cidade entre 1970 e 1980.

John Thomas Junior, de 72 anos, preso em várias ocasiões - entre 1957 e 1983 - por agressões sexuais, foi submetido a um teste de DNA em 2008, e os especialistas concluíram que seu código genético é idêntico ao encontrado em cinco mulheres estupradas e assassinadas nos anos 70, em Los Angeles e Inglewood, um subúrbio do sudoeste da grande cidade californiana, revelou o chefe de polícia William Bratton.

"Thomas, neste momento, também é suspeito pelo assassinato de outras 25 mulheres na região, nos anos 70 e 80", destacou Bratton.

A polícia acredita que Thomas é "o estuprador dos bairros do oeste", um homem que aterrorizou Los Angeles sem jamais ser identificado.

Fonte: g1, www.g1.com.br