Polícia prende suspeito de matar comerciante por não poder beber fiado

As buscas pelo terceiro suspeito, Claudio Luiz de Arruda, apontado como autor do golpe que vitimou o proprietário da lanchonete, continuam

Um jovem de 19 anos foi preso na quinta-feira em Poconé (MT), a 92 quilômetros da capital, por suspeita de assassinato. Robson Gonçalo da Silva, conhecido como Nene, teria participado da morte de um comerciante, em julho, junto com outros dois suspeitos.

Segundo a Polícia Civil, o proprietário da lanchonete localizada no bairro João Godofredo foi assassinado com uma facada no peito por não permitir que os suspeitos bebessem sem pagar no estabelecimento. Logo após o crime, Cleiton de Oliveira Cunha foi preso em flagrante pela Polícia Militar, mas os outros dois envolvidos conseguiram fugir.

O delegado de Poconé, Rodrigo Bastos da Silva, solicitou então a prisão preventiva dos demais comparsas, expedida pela comarca de Poconé. Robson Gonçalo da Silva foi detido próximo a sua residência, na estrada Lava Pé. Ele possui passagem na polícia por roubo.

As buscas pelo terceiro suspeito, Claudio Luiz de Arruda, apontado como autor do golpe que vitimou o proprietário da lanchonete, continuam.

Fonte: Terra