Polícia prende suspeito de matar estudante em assalto

De acordo com as testemunhas, o suspeito é um homem moreno claro com olhos e cabelos castanhos



A polícia prendeu na manhã desta quarta-feira um suspeito de ter matado o estudante Jair Henrique Pavaneli, 21 anos, em um assalto na noite do último sábado na zona leste de São Paulo. Ele foi levado para o 53ª DP, onde aguarda a chegada de familiares da vítima para o reconhecimento.

Segundo o delegado Arthur Frederico Moreira, o retrato falado do suspeito, divulgado na manhã de sexta-feira pela Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP), contribuiu para a prisão. "Recebemos uma denúncia anônima após a divulgação do retrato falado. É muito importante quando a polícia conta com a ajuda da sociedade. Em todo caso, prendemos apenas um suspeito, não houve apreensão da arma nem do carro roubado. É muito cedo para afirmar qualquer coisa", disse o delegado ao Terra.

De acordo com as testemunhas, o suspeito é um homem moreno claro com olhos e cabelos castanhos, tem cerca de 1,70 m de altura e idade entre 25 e 27 anos.

O crime

Jair Henrique Pavaneli foi morto na noite de sábado, quando saía de sua residência, na rua José Carlos Peixoto Spinardi, no Jardim Iguatemi, zona leste de São Paulo. Segundo testemunhas contaram à polícia, ele estava saindo em seu Fiesta de cor preta e foi abordado por dois homens armados, que o mandaram descer do carro. Mesmo obedecendo às ordens, os ladrões disparam quatro tiros contra o jovem.

Os assaltantes fugiram no carro da vítima e, até as 15h30 de domingo, não foram identificados. Jair ficou caído no chão e foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Ele foi encaminhado ao Hospital Santa Marcelina, mas não resistiu aos ferimentos.

Fonte: Terra