Polícia prende suspeito envolvido na morte torcedor

Integrante de torcida do Atlético-MG estava dormindo quando foi preso.

A Polícia Civil prendeu um integrante de uma torcida organizada do Atlético-MG na madrugada deste sábado (11), em Belo Horizonte. Ele é suspeito de estar envolvido na morte de Otávio Fernandes, de 19 anhos, que foi espancado até a morte no dia 27 de novembro, no bairro São Pedro, região sul da capital, durante uma briga entre os grupos rivais na saída de um campeonato de luta.

De acordo com as primeiras informações, o suspeito teria sido encontrado dormindo dentro da sede da torcida atleticana, e foi levado para o Departamento de Investigações, na região noroeste de Belo Horizonte. Nenhum integrante da diretoria da torcida do Atlético-MG foi encontrado na manhã deste sábado para falar sobre o assunto.

Ainda segundo policiais do Departamento de Investigações, as buscas pelos outros dez suspeitos foram encerradas neste sábado (11).

Entenda o caso

Otávio Fernandes, de 19 anos morreu e um homem ficou ferido após uma briga, no sábado (27), que envolveu, de acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Civil, torcedores do Atlético-MG e do Cruzeiro em Belo Horizonte. O tumulto aconteceu na Avenida Nossa Senhora do Carmo, próximo a uma casa de shows, no bairro São Pedro, região centro-sul de BH, onde era realizado um evento de luta. Imagens de câmeras de segurança divulgadas pela Polícia Civil registraram o momento da agressão. Veja na reportagem ao lado.

Segundo a Polícia Civil, cerca de 40 torcedores do Atlético-MG saiam do local após assistir a um combate. No momento, cerca de 10 torcedores do Cruzeiro entravam no evento, para acompanhar uma outra luta, quando começou o confronto.

Fonte: g1, www.g1.com.br