Polícia prende suspeitos de morte de jovem e de integrarem milícia

Na casa do ex-PM, em Realengo, onde ele foi capturado, foram apreendidos um BMW preto.

Policiais da Divisão de Homicídios (DH) prenderam preventivamente, nesta sexta-feira (7), o policial militar aposentado Edmilson da Silva de Oliveira, de 45 anos, e Wallace José Correa, de 29, aprovado este ano em um concurso de admissão na Polícia Militar. Ambos são suspeitos de assassinar Michael do Nascimento Lannes Ramos, de 19 anos, dia 6 de outubro, na Rua Pereira de Figueiredo, em Oswaldo Cruz, Zona Norte do Rio, e de integrarem um grupo de milicianos atuante na região.


Polícia prende suspeitos de morte de jovem e de integrarem milícia

Edmilson, conhecido como Macalé, foi encaminhado para o Batalhão Especial Prisional, e Wallace, conhecido como "Tell", permanece preso na DH, na Barra da Tijuca, Zona Oeste. Eles responderão por homicídio doloso.

Na casa do ex-PM, em Realengo, onde ele foi capturado, foram apreendidos um BMW preto, uma pistola, munição e, dentro do carro, um taco de beisebol. De acordo com o titular da Divisão de Homicídios, delegado Rivaldo Barbosa, uma rixa antiga com Michael, que segundo a polícia cometia furtos na região, seria a motivação do crime. ?Acreditamos que o Edmilson era o líder desse grupo de milicianos?, disse Barbosa.

Segundo o delegado e o agente da DH Rafael Rangel, comandante da operação, os disparos que mataram o jovem foram feitos pelo ex-policial, que, de acordo com imagens de câmeras de segurança obtidas pela polícia, contou com apoio de Wallace para monitorar a movimentação da vítima. A polícia acredita que uma moto, apreendida na casa de Wallace, pode ter sido usada durante o assassinato.

Rivaldo Barbosa informou ainda que Edmilson tem registrados em seu nome, além do BMW, um Audi e uma moto. Durante a investigação, a DH, em função do concurso no qual Wallace estava inscrito, teve a colaboração da Acadepol.

Fonte: G1