Polícia procura mulher acusada de roubar R$150 mil de empresa

Suspeita desapareceu no dia 21 ao sair para fazer serviços externos.

A Polícia Civil procura uma analista de recursos humanos de 33 anos suspeita de desviar R$ 150 mil da empresa onde trabalhava e desaparecer na semana passada em São Paulo, como mostrou reportagem do Bom Dia São Paulo desta terça-feira (3). Policiais do 49º Distrito Policial, em São Mateus, na Zona Leste de São Paulo, acreditam que ela pode ter usado parte do dinheiro para assistir ao jogo entre Corinthians e Boca Juniors, ocorrido na quarta-feira (27), na Argentina, pela Copa Libertadores. A mulher foi intimada para depor na quinta-feira (5), e a polícia cogita pedir sua prisão caso ela não apareça.


Polícia procura mulher acusada de roubar R$150 mil de empresa

A funcionária trabalhava em uma empresa de hidráulica no Parque São Lourenço. No dia 21 de junho, por volta das 8h30, ela saiu para fazer serviços externos e não retornou. Preocupada, uma funcionária registrou o desaparecimento na Central de Flagrantes da 8ª Seccional. No dia seguinte, o carro da analista foi encontrado, abandonado, no estacionamento de um shopping.

Policiais analisaram imagens de câmeras de uma agência bancária e do shopping e descobriram que a mulher estava sozinha. Ela apareceu dentro do banco fazendo um saque e depois entrou com seu carro no shopping. A investigação conseguiu a informação de que ela embarcou às 15h30 do dia 21 para a Argentina, a partir do Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos.

Uma auditoria na empresa, solicitada pela polícia, mostrou que R$ 150 mil tinham sido desviados. Ela foi demitida na semana passada da empresa.

Fonte: G1