Corpo de zelador desaparecido é achado e vizinhos confessam crime

Segundo a Polícia Civil, um casal vizinho ao zelador confessou o crime.



O zelador Jezi Lopes da Silva, de 63 anos, foi encontrado morto na Praia Grande, litoral de São Paulo, na tarde desta segunda-feira (2). Ele foi visto com vida pela última vez na sexta-feira (30), no elevador do prédio onde morava e trabalhava, na Casa Verde, zona norte da capital.

Segundo a Polícia Civil, um casal vizinho ao zelador confessou o crime. O advogado e a publicitária moravam no mesmo andar que a vítima e já haviam relatado que não se davam bem com o zelador.

No dia do sumiço, vizinhos disseram ter ouvido uma discussão no prédio no mesmo horário em que o zelador desapareceu, por volta das 15h. Pouco tempo depois, o casal foi visto descendo com uma mala. Eles alegaram que a mala estava cheia de roupas que seriam doadas para uma igreja.

Na manhã desta segunda-feira, policiais civis foram ao prédio e descobriram que o pai do publicitário tem uma casa na Praia Grande. Investigadores foram ao local e encontraram o suspeito tentando queimar o corpo do zelador dentro da residência.

O caso foi registrado no 13º Distrito Policial e está sendo investigado pelo DHPP (departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa).

Fonte: r7