Polícia realiza operação para coibir tráfico de drogas nas escolas

Já foram presos na operação suspeitos de vender drogas em escolas

A Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes (Depre) está realizando um trabalho ostensivo no combate ao tráfico na região do Grande Dirceu. O motivo: denúncia de venda de drogas na porta das escolas.

A operação já prendeu Gustavo Sena de Carvalho, de 18 anos, e Luan Vitor do Nascimento, de 25, suspeitos de vender drogas nas escolas da região.

“Há seis meses estávamos investigando, fazendo um trabalho de inteligência.

Percebemos que eles estavam vendendo drogas a domicílio nos colégios públicos. Então, na última quinta-feira, nós flagramos eles, fizemos um mandado de busca, e apreendemos os dois, uma moto, um carro e mais de R$ 2 mil em dinheiro. Encontramos na faixa de 40 papelotes de cocaína”, explica o delegado Menandro Pedro.

O trabalho da polícia vai além do embate aos criminosos. “Nós estamos fazendo operações para investigar os desdobramentos. Estamos combatendo o pequeno, médio e grande traficantes com enfrentamento. Também estamos dando palestras nas escolas públicas, mostrando vídeos e casos”, afirma o delegado da Depre.

O delegado Menandro considera a participação da comunidade fundamental para o combate ao tráfico de drogas da região Sudeste. “O que a população deve fazer é denunciar para a Delegacia de Entorpecentes no 3216-5281. Quando ver qualquer movimentação suspeita, principalmente ao redor de escolas”, declara.

Segundo dados da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e a Cultura (Unesco), 23,1% dos alunos do Brasil afirmam existir o consumo de drogas no Brasil. O mesmo estudo ainda aponta que 10,8% dos professores observam a prática.

Fonte: Carolina Durães e Lucrécio Arrais