Polícia realiza operação e prende suspeito de estupro coletivo

Criminosos armados atiraram contra os agentes.

Na manhã deste sábado (28), policiais do 9º batalhão  realizaram a prisão de um homem envolvido no caso do estupro coletivo contra uma garota de 16 anos. De acordo com informações do tenente coronel Araújo, a polícia chegou até o suspeito por meio de denúncias dos próprios moradores. O acusado foi levado para a Delegacia de Repressão a Crimes de Informática para prestar depoimento.

A operação teve início nas primeiras horas da manhã deste sábado envolvendo todas as unidades da área. A ação foi determinada pelo comandante da polícia com o objetivo de identificar os criminosos que praticaram o estupro coletivo contra a menor.

No momento da operação ainda foi realizada a apreensão de drogas e dois veículos roubados. Segundo a polícia, não houve resistência à entrada na comunidade. No entanto, próximo à mata no alto do morro, criminosos armados atiraram contra os agentes e houve um breve confronto. Não há registro de feridos.

Vítima de estupro coletivo (Crédito: Reprodução)
Vítima de estupro coletivo (Crédito: Reprodução)

Polícia divulga imagens da casa onde garota foi estuprada

Neste sábado, a polícia civil do Rio de Janeiro divulgou imagens da casa onde a adolescente foi vítima de estupro. Nas fotos é possível ver a cama do imóvel, a mesma em que a menina aparece deitada desacordada no vídeo que foi divulgado na internet. Também é possível ver uma porta onde está escrito ‘bonde do fubá’.

Na gravação feita e divulgada nas redes sociais, homens, em meio a risadas, tocam nas partes íntimas da jovem, e afirmam que ela foi violentada por mais de 30.

Porta da casa onde jovem foi estuprada (Crédito: Reprodução)
Porta da casa onde jovem foi estuprada (Crédito: Reprodução)
Cama onde jovem foi estuprada (Crédito: Reprodução)
Cama onde jovem foi estuprada (Crédito: Reprodução)
Policiais ao redor da casa (Crédito: Reprodução)
Policiais ao redor da casa (Crédito: Reprodução)
Cama onde jovem foi estuprada (Crédito: Reprodução)
Cama onde jovem foi estuprada (Crédito: Reprodução)
Fonte: Com informações do OGlobo