Polícia recupera fuzil roubado do Exército

O roubo das armas do Exército aconteceu no inicio de março, em Caçapava

A polícia encontrou o último dos sete fuzis que foram roubados do Exército em Caçapava, a 116 km de São Paulo, há três meses. O último deles foi localizado na quinta-feira (18), na Rodovia Carvalho Pinto, no trecho de São José dos Campos, a 97 km da capital paulista.

A arma estava enrolado em um lençol, sem munição, dentro de uma valeta, às margens da rodovia. O local foi indicado pelo último suspeito preso na manhã da quinta-feira, na capital paulista, por participação no crime. Ele estava na casa da irmã, na Zona Sul de São Paulo. Segundo a polícia ele teria feito a receptação dos fuzis.

O roubo das armas do Exército aconteceu no inicio de março, em Caçapava. O primeiro fuzil foi localizado dentro de uma churrasqueira, em uma casa, em São José dos Campos. Outros quatro estavam enterrados em um sítio, em Jambeiro, a 120 km de São Paulo. O sexto foi encontrado no bairro Perequê, em Caraguatatuba, a 173 km.

Depois de cem dias de investigação, os sete fuzis levados do Batalhão do Exército de Caçapava foram recuperados. Mas para a polícia o caso ainda não está encerado. Dos 11 suspeitos, dez foram presos e o último ainda está sendo procurado.

Fonte: g1, www.g1.com.br