Polícia Rodoviária Federal do Ceará prende trio que executou advogado no Pará

Eles estavam escondidos na casa de parentes de Emerson Viana no Ceará

Depois do crime, em Bel?m, os tr?s acusados vieram para Fortaleza, onde foram detidos

Uma investiga??o do N?cleo de Intelig?ncia da Pol?cia Rodovi?ria Federal no Cear? (PRF) resultou, na tarde de ontem, no Munic?pio de Chorozinho (a 64 quil?metros de Fortaleza), na pris?o de tr?s homens acusados de participa??o, em um latroc?nio (roubo seguido de morte) ocorrido no come?o deste m?s, no Par?.

Segundo a PRF, os tr?s homens s?o fugitivos da Pol?cia paraense e estavam em Fortaleza h? quatro dias. Com eles, os policiais rodovi?rios apreenderam dois rev?lveres calibre 38 e um ve?culo Astra, de placas CQW-9934 (PA).

De acordo com a PRF, antes de fugir para Fortaleza, os acusados praticaram uma s?rie de assaltos no Par? e depois resolveram se esconder no Cear?. Eles estavam escondidos na casa de parentes de Emerson Viana, 23, que, segundo as investiga?es da PRF, ? apontado pela Pol?cia do Par? como sendo o autor dos disparos que mataram o advogado.

O policial rodovi?rio federal Karl Mesquita ressaltou que a investiga??o do N?cleo de Intelig?ncia da PRF, come?ou depois que Emerson foi detido, no ?ltimo domingo (23), no Parque Santa Maria, na Grande Messejana. ?Ele foi preso por uma viatura da PM, acusado de dire??o perigosa?, disse.

Mandados

Karl contou ainda que, como o caso ocorreu na BR-116, a PRF participou da abordagem, mas quem conduziu o acusado para o 30? DP (S?o Crist?v?o) foram os policiais militares. ?No 30? n?o checaram que ele estava com um mandado de pris?o em aberto e ele foi liberado. Hoje, n?s investigamos, descobrimos a exist?ncia do mandado de pris?o e fomos prend?-los?.

Com Emerson, estavam Marcelo Rodrigues Santiago, 29; e Almir de Oliveira Brito, 20. Segundo a Imprensa paraense, o advogado Jos? Francisco Vieira foi assassinado com dois tiros, no dia 7 ?ltimo, na garagem da casa dele, no momento em que tr?s homens, em um ve?culo Astra, chegaram e anunciaram o assalto. O advogado reagiu e foi executado com dois tiros.

Marcelo e Emerson, que ? conhecido no Par?, como ?Cearazinho?, s?o ex-presidi?rios. Os dois haviam cumprido pena anteriormente por roubo. Eles confirmaram a participa??o na morte do advogado. Emerson alega que a v?tima reagiu e por isso atirou. ?N?o nego o crime. Estou aqui por isso, mas n?o quero voltar para l?. Se voltar para l? vou morrer?.

De acordo ainda com a Imprensa paraense, outros dois envolvidos na morte do advogado j? foram presos naquele Estado. Walber Santana Muniz Franco, o ?Neg?o?, 30 anos, e Diego Carvalho da Concei??o, o ?Bisteca?, 23. Ambos disseram em entrevistas, que o autor dos disparos foi Emerson. Toda a a??o dos bandidos foi gravada por c?meras de seguran?a.

Fonte: Diário do Nordeste, www.diariodonordeste.com.br