Polícia Rodoviária prende mulher suspeita de transportar 2 mil balas de fuzil em ônibus

A suspeita disse que foi contratada para levar a munição de são Paulo para o Rio de Janeiro

Uma mulher foi presa no fim da noite de quarta-feira (29) por suspeita de transportar 2 mil balas de fuzil em um ônibus que seguia para o Rio de Janeiro. A munição foi encontrada por agentes da Polícia Rodoviária Federal em uma operação na Rodovia Presidente Dutra, em Arujá, na Grande São Paulo.

As balas apreendidas, calibre 762, eram suficientes para carregar pelo menos 100 armas. A munição é de uso restrito das Forças Armadas. A carga estava escondida na bagagem da passageira de 27 anos, que ainda tentou enganar os agentes dizendo que transportava livros.

De acordo com a polícia, a suspeita disse que foi contratada para levar a munição de são Paulo para o Rio de Janeiro, e que recebeu a encomenda no Terminal Rodoviário do Tietê, na Zona Norte da capital paulista.

?Teria uma pessoa que ela desconhece, é sempre a mesma história, que a receberia lá na rodoviária do Rio de Janeiro, e estaria sendo encaminhado pra algum dos morros. Muito provavelmente para a Rocinha, porque ela é moradora da Rocinha?, explicou o policial rodoviário federal Ricardo Mariano.

A mulher não tinha passagem pela polícia, e foi presa por porte ilegal de munição. Se condenada, pode pegar até seis anos de prisão.

Fonte: g1, www.g1.com.br