Polícia tenta identificar motorista que matou 2 na Av. Brasil, no Rio

Polícia tenta identificar motorista que matou 2 na Av. Brasil, no Rio

Além de tentar identificar o motorista, a Polícia Civil abriu uma investigação para apurar as circunstâncias do atropelamento.

O motorista que atropelou e matou dois homens na Avenida Brasil, na altura de Bonsucesso, na madrugada desta quarta-feira (18), e não prestou socorro está sendo procurado pela polícia. Além de tentar identificar o motorista, a Polícia Civil abriu uma investigação para apurar as circunstâncias do atropelamento. As informações são do RJTV.

O acidente aconteceu por volta das 4h30 na pista sentido Centro, perto da Favela Parque União. Testemunhas contaram que a van, que vinha da Baixada Fluminense, parou no canto da pista com o pneu furado. Não havia passageiros. O condutor e outra pessoa trocavam o pneu quando foram atingidos.

Atropelador estava a uns 120 km/h, diz testemunha

O motorista de um caminhão que estava atrás disse que as duas vítimas foram atropeladas por uma carro preto em alta velocidade e fugiu. "Não parou nem para prestar assistência nem nada, foi embora. Velocidade por baixo dele uns 120 Km/h", contou Fábio Caetano.

Os dois homens morreram na hora. O motorista foi identificado como Carlos Amaro; a outra vítima, ainda não identificada, seria um usuário de crack que teria ido ajudar.

O acidente deixou o trânsito da Avenida Brasil bastante complicado. A perícia demorou quase quatro horas para chegar ao local do acidente. E o trânsito que já era lento no sentido Centro ficou praticamente parado.

Em relação à demora na perícia, a delegacia de Bonsucesso informou que foi comunicada às 7h15 e acionou a perícia. Segundo a polícia, o Corpo de Bombeiros foi autorizado a remover os corpos para liberar o trânsito no mesmo horário.

Campeã de acidentes

A Avenida Brasil é a campeã de acidentes no Rio de Janeiro. O risco de atropelamentos no local é grande. Nesta quarta-feira (18), o RJTV flagrou um pedestre, que atravessou as pistas correndo, depois de ir pedir informações sobre o acidente. Próximo a área, usuários de crack foram flagrados ocupando uma calçada inteira. É comum eles vagarem pelas pistas, segundo comerciantes.

Não é a primeira vez que o RJTV flagrou viciados na região. O Globocop já mostrou várias vezes eles atravessando a avenida correndo e já houve casos de atropelamento.

Uma cracolândia que existia próximo ao acesso à Ilha do Fundão foi desmontada em uma ação da prefeitura. Mas o local virou um depósito de entulho e, nesta quarta-feira (18), o lixo invadia a pista.

Fonte: G1