Policiais se fingem de pedófilo e fazem sete prisões em SP e MG

Policiais se passaram pelo pedófilo e entraram em contato com membros do grupo.

A Polícia Federal (PF) prendeu sete pessoas na manhã desta terça-feira (15) durante uma operação de combate à produção e divulgação de imagens de sexo envolvendo crianças e adolescentes. As prisões em flagrante foram realizadas durante o cumprimento de 13 mandados de busca e apreensão

De acordo com a PF, seis suspeitos foram presos no estado de São Paulo ? na capital, em Mauá (no ABC), São Vicente (no litoral do estado), Paulínia, Piracicaba e Votuporanga (as três no interior de São Paulo) ? e um em Rio Acima, em Minas Gerais.

A investigação começou em Campinas, a 97 km de São Paulo, que identificou um pedófilo que, além de possuir material com conteúdo de pedofilia, distribuía fotos e vídeos para um grupo fechado na internet.

Conforme a PF, por meio de autorização judicial, policiais se passaram pelo pedófilo e entraram em contato com membros do grupo. Por conta disso, foram identificados 11 suspeitos no Brasil e 60 no exterior. A ação conjunta ocorre no Distrito Federal, em mais quatro estados do Brasil e também em 23 países.

Suspeitos que vivem no exterior serão investigados pela Interpol. Foram identificados membros do grupo fechado nos seguintes países: Estados Unidos, Alemanha, Inglaterra, França, Canadá, Austrália, Marrocos, Bolívia, México, Bélgica, China, Colômbia, Croácia, Espanha, Holanda, Itália, Noruega, Portugal, Romênia, Suécia, Suíça, Tailândia e Venezuela.

Fonte: g1, www.g1.com.br